Entidades de apoio a crianças e adolescentes recebem recursos em Volta Redonda
Foto: Divulgação/Secom-VR.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 20h16min.
O CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente) de Volta Redonda promoveu uma reunião, na manhã de sexta-feira (30), no gabinete do prefeito Antonio Francisco Neto, para a assinatura de documentos que garantem o repasse de verbas do Finad (Fundo para a Infância e a Adolescência) às entidades voltadas a crianças e adolescentes.
O repasse foi realizado através de um edital de chamamento público, quatro entidades de Volta Redonda foram contempladas. Entre elas estão a APADEFI (Associação de Pais e Amigos dos deficientes físicos de Volta Redonda), Lar Espírita Irmã Zilá, Ideais (Instituto de Desenvolvimento, Estudo, Ações, e Implementações Sociais) e INSTITUTO DAGAZ (Associação Cultural para o Desenvolvimento de Tecnologias Humanas).
A presidente do CMDCA, Denise de Carvalho, destacou o trabalho das entidades assistenciais mencionando que o repasse do Finad vai contribuir com o atendimento prestado a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no município. “As entidades que compõe o Conselho Municipal são fundamentais no município desenvolvendo um trabalho primordial na vida dessas crianças e adolescentes. Capacitar essas entidades para receberem recursos e se desenvolverem também faz parte da atuação nossa enquanto conselho”, ressaltou.
O secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco, presente na reunião, comentou que as entidades fazem um trabalho de excelência em Volta Redonda. “Essas entidades conseguem atingir grande parte da população onde o Poder Público não alcança. Todo o repasse destinado a elas ainda é de grande valia”, afirmou.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).