Atualizado às 18h43min.

PARATY
Um homem foi detido suspeito de compra de votos na tarde deste domingo (4) em Paraty, na Costa Verde do Rio. A prisão foi durante as votações das eleições suplementares da cidade que teve o prefeito deposto pelo TSE-RJ. De acordo com informações do delegado titular, Marcello Russo (167ª DP) que o suspeito estava com R$ 10 mil em espécie e R$ 7.500 em cheque.
Segundo o delegado, foi encontrado ainda uma grande quantidade de material da campanha eleitoral. Todo material ficou apreendido na delegacia. Mesmo que possivelmente os cheques não pudessem ter sido usados para comprar votos.
O suspeito, que é um empresário da cidade, foi encaminhado à delegacia, onde foi autuado por compra de votos. Uma fiança de R$ 10 mil foi estipulada para que ele fosse liberado.
Outras quatro pessoas detidas na cidade. Um outro homem por boca de urna. Ele foi encontrado pelos agentes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com diversos adesivos de um candidato. O homem foi encaminhado à delegacia, onde foi autuado, assinou um termo circunstancial e liberado.
Outros dois homens foram presos por porte ilegal de arma. Eles estavam com um revólver calibre 38. Os suspeitos passarão por audiência de custódia e serão encaminhados para a Cadeira Pública de Volta Redonda. (Foto: Ilustrativa).

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).