Empresário da ‘Gelaço’, morre vítima da Covid-19 aos 80 anos
Foto: Redes Sociais.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 21h11min.
Outro comerciante conhecido de Volta Redonda foi vencido na batalha contra a Covid-19. Adilson Ferreira da Cunha, de 80 anos, proprietário da fábrica de gelo “Gelaço”, que fica no Jardim Belvedere, morreu no fim de semana na cidade.
Ele é o dono da empresa de gelo mais antiga da cidade, fundada há 40 anos. Uma empresa familiar e tradicional. O senhor Adilson foi sepultado na manhã de domingo (3), no Cemitério Portal da Saudade.
O empresário deixa esposa, a também empresária Eleny Braga, e duas filhas Adriana e a advogada Elaine Braga. Além das quatro netas, Paloma, Pérola, Poliana e Alice. Adilson é sogro do também empresário, Gastão Viana, major reformado da Polícia Militar.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).