Atualizado às 11h17min.

BARRA DO PIRAÍ
A prefeitura de Barra do Piraí confirmou na quinta-feira (29) que duas pessoas morreram em decorrência de complicações da febre maculosa este ano na cidade do Sul do Rio. As mortes aconteceram agora em agosto. A terceira pessoa suspeita está internada e tem 18 anos. Exames laboratoriais foram colhidos e estão em fase de análise.
Uma das vítimas, segundo a prefeitura, é um homem, de 38 anos, que morava no bairro Lago Azul. O outro homem confirmado para febre maculosa tinha 62 anos e morava no bairro Santana. O jovem internado com suspeita da doença é neto do idoso que morreu com a doença.
A prefeitura não deu detalhes de onde o jovem está internado e nem o estado de saúde dele. Carrapatos, responsáveis pela transmissão da doença, foram recolhidos nas residências dos mortos. Eles foram enviados para Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para que sejam feitos estudos.
A febre maculosa é uma doença infecciosa causada por uma bactéria transmitida pela picada do carrapato. Se a doença não for tratada de maneira correta, pode evoluir para quadros graves e levar a pessoa à morte. Os principais sintomas são febre acima de 39ºC, calafrios, dor de cabeça intensa, náuseas e vômitos, diarreia e dor abdominal, dor muscular constante, inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés, paralisia dos membros, que inicia nas pernas e pode subir até os pulmões, com chance de parar o sistema respiratório.
Foto: Reprodução.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).