Atualizado às 09h17min.

VOLTA REDONDA
O novo bispo eleito para a diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda, dom Luiz Henrique da Silva Brito, esteve em visita pela região, na quinta-feira (04). Foi recebido para um café da manhã na cúria diocesana com alguns padres, o administrador apostólico, dom Francisco Biasin, que esteve à frente da diocese como bispo diocesano desde 2011 e por dom João Maria Messi, bispo emérito, que atuou na diocese entre 2000 e 2011. Dom Luiz Henrique visitou as dependências da cúria e conversou com os colaboradores.
Dom Francisco Biasin deu as boas-vindas ao bispo eleito e falou da transição. “É um momento de alegria e de fraternidade. Nós acolhemos o dom Luiz Henrique como o pastor que a Igreja escolheu e sem dúvida na providência de Deus é aquele que, como oitavo bispo, irá conduzir nossa diocese com sabedoria e com amor. Procurando como todos nós fazemos e cada um com a graça que recebe representar Jesus o Bom Pastor, Ele que nos guia a todos”, disse dom Francisco.
Após a visita à cúria, foi conhecer a rádio Sintonia do Vale, onde participou de uma entrevista ao lado dos outros dois bispos. Ao falar sobre sua nomeação, demonstrou alegria em poder servir a Igreja Particular de Barra do Piraí – Volta Redonda. “Bom estar aqui na diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda e dizer que meu coração já bate mais forte por essa querida Igreja Particular”, destacou, relembrando o dia em que foi comunicado pelo Núncio Apostólico.
“Quando eu fui chamado, o Núncio me ligou dizendo assim: ‘o Papa Francisco te nomeou para Volta Redonda, você aceita?’ E se o Papa Francisco nomeou, a gente está aqui para servir a Igreja e o Senhor. E aceitei de coração aberto essa nova realidade. Feliz porque estou no Leste 1 (Estado do Rio) e já conheço a realidade, os bispos, e por sete anos tenho servido a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Então não deixa de ser uma realidade próxima à minha. Claro que cada diocese tem sua peculiaridade, seu jeito de ser e quero respeitar isso e procurar contribuir com humildade, com sabedoria e com prudência, como pastor para essa Igreja Particular”, disse o bispo eleito.
Dom João Maria Messi relembrou quando chegou à diocese e a alegria de presenciar os sucessores. “Eu tenho a alegria de ter sido recebido há 19 anos por dom Waldyr e depois em 2011 recebi dom Francisco. E agora nós vamos receber com muita alegria, com muita gratidão por ter aceito esta missão, dom Luiz Henrique. E assim todos vamos continuar essa sucessão apostólica que o Senhor nos entrega nas mãos, na consciência, que é muito importante, e precisa do amor e da compreensão do povo. Porque o bispo sozinho não adianta nada. Então é a Igreja, a comunidade eclesial que com o seu pastor, pároco ou bispo, anda e apresenta ao mundo esse dom de Deus, da salvação que é a Igreja de Cristo”, disse.
Para finalizar, dom Luiz Henrique visitou o seminário propedêutico. Chamou os jovens de futuros pastores da Igreja e desejou que perseverem. E por fim o bispado, que passará a ser sua residência. Dom Francisco Biasin passará a morar em Resende. O bispo eleito aproveitou para reforçar o convite para a posse no dia 11/05, às 9 horas na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no Conforto, em Volta Redonda. “Quando a gente se depara com uma nova missão, um novo desafio, claro que confiamos na ação de Deus na nossa vida e na nossa história para melhor servir o povo de Deus. Mas contando com o apoio, a comunhão e unidade dos irmãos bispos, principalmente aqueles que já se dedicaram a essa Igreja Particular, isso nos conforta e nos ajuda muito na missão…Quero agradecer a acolhida do povo de Deus, de dom Francisco, dom João Messi e dos padres, porque isso nos ajuda a assumir essa missão com mais coragem e ânimo. Só tenho a  agradecer essa acolhida que tenho recebido. E dia 11 de maio, se Deus quiser, estaremos aqui para me dedicar inteiramente à diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda”, finalizou. (Foto: Divulgação).