Desabrigados fazem novo protesto com passeata e pedem ajuda a Neto
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 23h10min.
Desabrigados depois de retirados de acampamento em protestaram na tarde de quarta-feira (2), em Volta Redonda, no Sul do Rio. O que eles pedem a resolução do impasse para uma nova ocupação. A Justiça mandou retirar quase 900 famílias de uma área particular na divisa da cidade com Barra Mansa.
O protesto percorreu as ruas do bairro Aterrado, onde fica a prefeitura. Justamente em frente a sede do poder Executivo que os manifestantes estão acampados a quase uma semana. Nessa quinta-feira (3) completa sete dias que eles pedem uma audiência com o prefeito para falar sobre o assunto.
Cerca de 200 pessoas carregaram cartazes e gritaram palavras de ordem. O trânsito ficou fechado nas ruas e atrasou a volta para casa de muita gente. O vereador Walmir Vitor (PT) fez um requerimento, aprovado na sessão da última terça (1), pedindo ao governo do Estado do Rio uma solução para o problema. “Pedindo apoio ao acampamento do Paz que se encontra na praça da prefeitura. Falta moradia, ao relento, em péssimas condições. Existe o programa ‘Titular Rio’ e precisamos unir para conseguirem os objetivos e direitos”, pede o parlamentar no documento.
A prefeitura ainda não marcou, até o momento, uma reunião com a liderança do movimento para tentar discutir uma saída. No entanto, um dos líderes que conversou com a nossa equipe disse que ainda tem esperança de que o encontro aconteça. A prefeitura não divulgou ainda para imprensa de que teria acontecido a reunião.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).