Três cidades da região já anunciaram compra particular de vacinas contra Covid-19
Foto: Geraldo Gonçalves/Secom-VR.
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 20h33min.
Depois de assistir o sucesso de imunização da cidade mãe Barra Mansa, a prefeitura de Volta Redonda decidir aderir ao sistema de vacinação. O novo modelo começa nessa terça-feira (20), na Ilha São João, a partir das 8h30min.
O morador da cidade tem que levar cartão do SUS, identidade e comprovante de residência no nome do paciente será exigido. No primeiro dia são esperadas quatro mil pessoas para receberem as doses.
A prefeitura ainda informou que vai vacinar os profissionais de segurança na ativa, com idade acima de 50 anos, com a primeira dose, mas aí nas unidades de saúde. A segunda dose da CoronaVac também será aplicada nos postos de saúde, das 8h às 16h, para quem tomou a primeira até o dia 24 de março. Só não haverá atendimento para esta finalidade nos postos dos bairros Rústico, Dom Bosco, Candelária, São Luís e Três Poços.
Os postos de referência no atendimento para Covid-19 (249, São João, Vila Mury, Volta Grande e Siderlândia) estarão abertos apenas para atendimentos a casos suspeitos da doença, sem vacinação. O objetivo é evitar aglomerações e não misturar os pacientes que estão buscando se imunizar com os que estão apresentando sintomas da doença.
Na quarta (21), quinta (22) e na sexta-feira (23) oito unidades funcionarão como polos de vacinação (Covid e Influenza): Conforto, Siderlândia, Jardim Paraíba, São Geraldo, Retiro II, Vila Brasília, Santo Agostinho e São Luís.
A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que as pessoas que perderem o dia da vacinação poderão receber a dose da vacina, após a data de sua faixa etária, nos postos de saúde mais próximos de suas casas.
INFLUENZA – A vacinação contra a gripe acontecerá das 12h30min às 16h nas demais unidades de saúde do município. Nessa primeira fase, a vacinação contra Influenza é destinada para crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde (em atividade ou não) e estudantes de saúde (em atividade nas redes pública e privada).

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).