Atualizado às 19h31min.

VOLTA REDONDA
A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) decidiu que a partir de quinta-feira (26), colocará 1.437 funcionários de férias pelo período de 15 dias. A medida será tomada em decorrência aos últimos acontecimentos relacionados ao COVID-19. Os gestores de cada setor serão responsáveis pela administração desses funcionários.
De acordo com a CSN, além do afastamento de estagiários e jovens aprendiz, funcionários pertencentes a  grupos de risco, como idosos e pessoas com problemas respiratórios, já haviam sido liberados no início da pandemia. A orientação dada pela siderúrgica é que os funcionários evitem ao máximo o contato físico, viagens de todo o tipo e reuniões ou treinamentos em equipe, fazendo bom uso das diversas ferramentas tecnológicas disponíveis para comunicação. Caso contrário, afirmam ser essencial a preferência por locais abertos e arejados. Além de manter ao menos um metro de distância das demais pessoas.
Ainda segundo a empresa, em caso de contato com algum infectado ou manifestação de sintomas da doença, os funcionários devem se dirigir ao serviço de atendimento médico fornecido pela empresa.
Foto: Jean Alves.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).