Atualizado às 22h20min.

PARATY 
Bombeiros fizeram buscas durante toda terça-feira (25) pelo corpo do amigo do cantor sertanejo que morreu no mar de Paray, na Costa Verde do Rio. Rafael Rocha, de 31 anos, estava com o músico paulista, Gláucio Lopes, de 30 anos, que morreu depois de se afogar, na Praia do Cepilho. Segundo informações, eles foram arrastados por uma onda forte. As buscas pelo corpo devem ser retomadas na quarta-feira (26).
O cantor, que era natural do Limeira, cidade do interior paulista, ainda conseguiu ser resgatado, mas morreu ainda na areia da praia. O corpo dele foi levado para o IML de Angra dos Reis, cidade vizinha, e foi liberado para cidade natal do cantor. O velório será no Monumental Bom Pastor e sepultamento será às 17h de quarta, no Cemitério Parque.
A praia fica na região de Trindade. O local é muito visitado por turistas do mundo inteiro. Ainda muito procurada por surfistas, por conta das ondas. O cantor estava na cidade desde o último sábado, passando o recesso de carnaval.
Em nota, a Marinha do Brasil informou está dando suporte, realizando buscas visuais. “A AgParaty acionou imediatamente sua equipe de busca e salvamento (SAR), que seguiu em direção ao local do incidente e, junto com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), realiza buscas visuais pelo desaparecido. O Aviso de Patrulha “Anequim” e sua embarcação orgânica também participam das buscas no mar”, informou a Marinha.
Glaucio Lopes cantava sertanejo universitário e tinha duas músicas gravadas. Envolvido com a música desde criança, ele começou a carreira profissionalmente na Banda Vertygem. Ele já dividiu o palco com Gustavo Lima, em 2012, durante o evento Chapéu Brasil, em Sumaré, SP. Também cantou com Sandy, de quem era fã, Henrique e Juliano, Marcos e Belutti e Daniel. Segundo a assessoria do cantor, Gláucio gravou seu primeiro DVD em outubro de 2019, e estava com a carreira em ascensão.
Foto: redes Sociais.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).