<
BARRA MANSA

Atualizado às 16h19min.
A prefeituras de Volta Redonda e Barra Mansa devem emitir novos decretos de flexibilização do comércio nas duas cidades. Isso depois que as bandeiras de risco de contaminação recuaram de roxa (mais alta) para vermelha (alta) no Mapa de Risco da Covid-19.
No entanto, existe a possibilidade do comércio ganhar uma hora a mais aberto. Os decretos devem autorizar ficarem aberto de 10h às 18h. Até o momento o decreto prevê de 10h às 17h. O prefeito Rodrigo Drable (DEM), de Barra Mansa, foi quem antecipou a medida que pode ser adotada.
Do outro lado, em Volta Redonda, Antonio Francisco Neto (DEM), revelou que está no aguardo do relatório epidemiológico das duas cidades para finalizar o decreto. Drable revelou que o relaxamento das restrições devem ser maiores para bares e restaurantes que podem ser autorizados a funcionar até 21h, a partir de quarta-feira (14). Além ainda dos finais de semana. Hoje, esse segmento só pode funcionar de 10h às 17h nos dias de semana de 12h às 16h, aos sábados e domingos.
Apesar de reconhecer a insatisfação dos comerciantes, Drable ponderou que se não houvesse restrições, “mais gente teria morrido”, nas duas cidades.
– O bar não é o culpado pela contaminação, mas é um ambiente que pode proporcionar a disseminação do vírus. Eles foram sacrificados, estão bravos comigo e eu entendo”, reconheceu o prefeito e em seguida firmou o compromisso de promover ações de recuperação do setor na medida em que o cenário melhore.
Ele disse ainda que não vai voltar as aulas presenciais esta semana, como era previsto. Ele deve assumir um retorno gradual a partir da próxima segunda-feira (19). Mesmo assim deixou claro que isso “vai depender do cenário não oferecer risco”.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).