Atualizado às 12h44min.


SUL FLUMINENSE 

A região registrou cinco mortes no penúltimo fim de semana de julho. Volta Redonda-RJ, Angra dos Reis-RJ, Valença-RJ e Resende-RJ registraram as mortes. A última foi na noite de domingo (22).

Carlos Augusto Júnior da Silva, que não teve a idade divulgada, foi encontrado morto a tiros, às margens da RJ-153. A estrada liga o distrito de Nossa Senhora do Amparo, em Barra Mansa-RJ, a Santa Isabel, em Valença-RJ. O corpo foi removido ainda de madrugada para o Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda.

Em Angra dos Reis-RJ, dois homens morreram em uma troca de tiros entre facções criminosas. A ação aconteceu no Morro da Lambicada. Segundo a polícia, os dois tem envolvimento com o tráfico de drogas. Criminosos chegaram a fechar a BR-101, que corta a cidade. Segundo informações da polícia, tanto o tiroteio quanto o fechamento da rodovia se deram por conta de que eles teriam sido expulsos da localidade por uma facção rival. Os bandidos se refugiaram no bairro Belém, em frente a rodovia.

As outras duas mortes aconteceram no bairro Fazendinha, em Volta Redonda, e no bairro Paraíso, em Resende. Willian da Silva Corrêa, de 33 anos, foi executado a tiros, dentro de casa, no Paraíso. Ele teria envolvimento com o tráfico de drogas. Informações dizem ainda que oito homens armados com fuzis mataram a vítima enquanto dormia. Há suspeita que uma facção rival tenha matado o homem. A polícia suspeita que ele tenha envolvimento com o tráfico de drogas.

Em Volta Redonda, Felipe Toshyro, o Felipinho, também foi morto a tiros, no Fazendinha. Nas redes sociais, ele declarava que traficava droga. O crime está sob investigação e pode ter relação com o tráfico de drogas. (Foto: Reprodução)

“>