<

Atualizado às 01h15min.


Volta Redonda

Um dia após uma apreensão de quase R$ 20 mil de prejuízo para o tráfico de drogas, a PM volta a apreender droga no Morro da Conquista, no Santo Agostinho, em Volta Redonda.

Nessa terça (22) duas mulheres foram presas, uma grávida, enquanto usavam droga. Uma delas seria mulher de um gerente do tráfico de drogas do bairro, que não foi encontrado. Na noite desta quarta-feira (23), as equipes foram o local checar a denúncia de que uma outra casa estaria sendo usada para preparar droga para venda.

Os agente da Patamo III, 3º sargento Ilton, cabos Moura e Coelho, sob o comando do tenente Mouzinho e do aspirante Gama, foram até a Rua Trindade. A informação era que no local estaria escondida uma carga de droga do traficante conhecido como Índio, preso no Complexo Penitenciário de Bangu.

Uma mulher autorizou a entrada da polícia e conseguiram apreender 02 tabletes de maconha, 01 balança de precisão, 01 cartão poupança no nome da acusada, 01 caderno com contabilidade do tráfico, 09 comprovantes de depósito num total de R$ 3,1 mil, varias etiquetas com a inscrição de “Hydro Morro da Conquista”, R$ 93 em dinheiro, 01 grampeador e farto material para endolação.

O material foi apresentado na delegacia (93ª DP).

Na delegacia, os policiais receberam a informação de que ainda havia droga na casa onde aconteceu a primeira apreensão. A denúncia era de que o entorpecente estava em um dos quartos, que estava trancado no momento da primeira revista da PM. A equipe retornou ao endereço e localizou 183 sacolés de maconha, em uma sacola com o nome de uma mulher, próximo a caixa d’água da residência. A mulher foi presa e deve responder por tráfico e associação para o tráfico.