Atualizado às 13h31min.

VOLTA REDONDA
A Câmara Municipal de Volta Redonda realizou uma sessão solene na noite de terça-feira (16) para entrega de 23 títulos de cidadania voltarredondense. A solenidade foi por conta da comemoração dos 65 anos de emancipação política e administrativa da cidade, comemorada nesta quarta-feira (17).  O título é entregue, anualmente, a aqueles que adotaram o município como casa e trabalham em prol do desenvolvimento da cidade.
Entre os homenageados esteve o secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, que conversou com a nossa equipe disse que em breve devem ser instalados mais três unidades na região, em Barra Mansa, Resende e Angra dos Reis. “Uma honra pela homenagem da única mulher aqui de Câmara. Além da escolar militar da cidade, ampliação das escolas em tempo integral, professores, climatização das escolas e a responsabilidade de fazer jus a que estou recebendo aqui”, afirmou o secretário.

O secretário ainda revelou que em Volta Redonda, apenas três escolas funcionam em tempo integral. “A partir do início do ano que vem (2020) teremos 12 escolas, das 27 da cidade, com turmas de tempo integral. Todas ainda terão climatização com ar condicionado”, garantiu Pedro Fernandes.
O casal Fábio Augusto e Fabiana Scassiotti, são pastores evangélicos e foram escolhidos pelo vereador Laydson Cruz (MDB). Há 20 anos na cidade, os dois desenvolvem um trabalho com jovens cristãos, conhecido como Movimento 120. “É uma grande honra e hoje temos mais tempo aqui na cidade do que onde nasci”, agradeceu Fabiana. O marido diz que Volta Redonda é a cidade de coração. “Aprendemos a amar essa cidade e isso nos honra muito receber esse título”, comentou emocionado. O vereador destacou que eles são pessoas que trabalham muito pela cidade e por isso mereciam a homenagem. “Eles representam a cidade e contribuem para vida espiritual de muitos jovens. Esse título dá ainda mais responsabilidade ao trabalho excelente que eles fazem”, concluiu.
Entre os homenageados estava o diretor Executivo do Saae-VR, José Geraldo dos Santos, o Zeca. Natural do Rio de Janeiro, trabalha na cidade há quase três anos. “Fiquei muito feliz com a lembrança do meu nome. Sinto que preciso ainda ajudar muito essa cidade que tem tudo para ser um dos municípios mais importantes do país. Agradecer ao Edson Quinto pela homenagem e a prefeito Samuca Silva que me convidou para essa missão que estou muito orgulhoso de realizar”, frisou.
No discurso, o vereador Edson Quinto (PL), presidente da Casa, que a homenagem lembra o dia de aniversário de emancipação do município. “Todos agora são considerados filhos de Volta Redonda. Vocês ajudaram e continuam contribuindo para o crescimento dessa cidade. Histórias de trabalho e muita luta. Parabéns a todos e à nossa cidade”, discursou.

Homenageados da noite: 

José Geraldo Mattea Salgado Santos, o Zeca, diretor-executivo do Saae (Edson Quinto); Giovanni André Romano (Carlinhos Sant’Ana); Rinaldo Silva Dias e Cristiane dos Reis Barbosa de Oliveira (Fernando Martins); Fábio Augusto Scassioti e Fabiana Pellegrini Barbosa Scassioti (Laydson); Expedito Romão e Carlos Alberto Moraes Júnior (Rodrigo Furtado); Sérgio Gomes da Silva (Paulinho do Raio X); Dailton Ferreira (José Augusto); Sérgio Fernandes e Pedro Fernandes (Rosana Bergone); Erik de Souza Higino (Jari Simão); José Carlos Sales do Nascimento (Vair Duré); Vicente de Paulo Fajardo de Freitas (Pastor Washington); Alércio Aparecido de Carvalho (Luciano Mineirinho); Giovane Freitas Ferreira (Paulo Conrado); Vilmar de Freitas Chaves (Isaac); Marco Aurélio da Fonseca Ferreira (Neném); Renato Marins de Melo (Fábio Buchecha); Sara de Almeida Venâncio Sanchez e Sérgio Eduardo Pistarino (Granato) e Eudenyr Gomes Lima (mesa diretora).

 

 


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).