Atualizado às 13h10min.

VOLTA REDONDA
Uma briga… O motivo da morte de Isaías dos Santos Silva, de 38 anos, ocorrido na manhã de quarta-feira (10), pode ter sido uma discussão perto da passarela que liga o Centro de Volta Redonda ao bairro Aterrado, em Volta Redonda, no Sul do Rio. Policiais militares apuram que a desavença pode ter ocasionado nas facadas que mataram o operário. Os cortes mais graves teriam ocorrido na cabeça.
Segundo as primeiras informações colhidas ainda no local do crime, Isaías era morador do bairro Açude e funcionário de uma terceirizada que presta serviço na CSN (Companhia Siderúrgica Nacional). A investigação vai buscar imagens de câmeras de segurança próximo ao local, bem ao lado do Restaurante Popular da cidade.
O lugar, durante a noite, ainda é ponto de prostituição. Marcas de sangue sugerem que a vítima teria corrido e acabou morrendo em frente a entrada do edifício Redondo. O corpo foi retirado do local antes do fim da manhã e levado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado na delegacia (93ª DP). (Fotos: Exclusivas – Evandro Freitas).
Operário foi esfaqueado na região da cabeça e morreu no local.