Belo é preso em Angra em investigação contra show clandestino
(Foto: Reprodução / Globonews)
<
ANGRA DOS REIS

Atualizado às 20h47min.
O cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo, foi preso na quarta-feira (17), em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. A prisão foi feita pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD). Da Polícia Civil do Rio de Janeiro, O cantor é investigado por um show que fez no último sábado (13), no Complexo da Maré, no Rio. A festa foi realizada mesmo com todas as proibições por conta da pandemia do novo Coronavírus.
A operação leva o nome de “É o que eu mereço”, em referência a uma das músicas do cantor. Após ser preso, Belo chegou à DCOD por volta das 15h30min. Na chegada, ele afirmou que precisa “saber o que está acontecendo enquanto achar que cantar e fazer música é crime”. Segundo a polícia, as salas de aula do Ciep 326- Professor César Pernetta foram utilizadas como camarotes do show.
A polícia ainda cumpriu, em Angra, quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Uma das buscas foi na sede da produtora na cidade do litoral Sul do Rio. Além de Belo, a Justiça decretou a prisão dos dois sócios da produtora e um homem apontado como chefe do tráfico no Parque União, favela da capital fluminense.
–  Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias – disse o cantor em nota depois do show.
De acordo com a polícia, todos os envolvidos no evento serão interrogados, inclusive o cantor, que será intimado para esclarecer quem pagou o cachê do show.
A polícia apreendeu, em um cofre encontrado, na casa do cantor, duas pistolas, munição, dinheiro em espécie e um computador. O material foi recolhido O chefe do tráfico da comunidade Parque União, onde ocorreu o evento, segundo a polícia, foi ele que autorizou o evento.
Dinheiro, armas e computador foram apreendidos na casa do cantor, no Rio
Armas, real, dólares e computadores foram apreendidos na casa do cantor, no Rio. Foto: Reprodução/G1.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).