Luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito
Rosevelt (de camisa branca) apoiou Thiago na campanha para prefeito em 2020. Foto: Reprodução.
<
BARRA MANSA

Atualizado às 11h08min.
A prefeitura de Barra Mansa decretou na noite de sábado (12) luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito Roosevelt Brasil, aos 62 anos. Ele passou mal em casa, foi levado à Santa Casa de Misericórdia, mas teve uma parada cardiorrespiratória. Ele deixa viúva Tânia Brasil, três filhos e netos.
– Acabo de receber a notícia do falecimento do ex-prefeito Roosevelt Brasil. Prefeito por duas vezes, funcionário público e pai de família. Roosevelt parte, mas deixa o nome na história da cidade. Minhas condolências à família, viúva, filhos, netos, e seu irmão, meu amigo Anderson. Decreto luto oficial por 3 dias – publicou em uma rede social o prefeito Rodrigo Drable (DEM). Drable recebeu o apoio do ex-prefeito na campanha de 2016, em que foi eleito prefeito. Nas últimas eleições, Rosevelt rompeu com o atual prefeito e apoiou Thiago Valério, concorrente de Drable à prefeitura.
O deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC) foi o primeiro político de Barra Mansa a se manifestar sobre a morte do ex-prefeito. Em nota, ele afirmou. “Lamento profundamente o falecimento do ex-prefeito de Barra Mansa, Roosevelt Brasil, neste sábado (12). Um dos gestores mais reconhecidos pelo trabalho feito à frente da prefeitura, durante seus dois mandatos (2001-2008). Tive o prazer de aprender muito com o Roosevelt durante o tempo em que estive na Câmara Municipal e ele governava a cidade. Fomos eleitos juntos em 2000 e apesar das diferenças políticas que já houveram, sempre o admirei como homem de garra, sempre disposto a ajudar Barra Mansa! À sua esposa Tânia, aos seus filhos e todos os familiares, deixo meus mais profundos sentimentos e peço a Deus que dê muita força a todos vocês neste momento de dor”, ressaltou.
Roosevelt administrou a cidade por dois mandatos consecutivos, entre 2001 e 2008, quando elegeu Zé Renato como sucessor.  Após deixar o governo, Roosevelt foi indicado conselheiro da Agenersa (Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio), tomando posse em 7 de junho de 2011. Em dezembro de 2012, foi reconduzido a um novo mandato de quatro anos.
Engenheiro, nascido em São José do Calçado (ES), Roosevelt Brasil Fonseca iniciou sua carreira profissional em 1980, nas obras do Plano de Expansão III da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), em Volta Redonda, pela empresa Tenenge Engenharia. Ele também foi diretor e presidente do Saae de Barra Mansa.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).