Bar é interditado em Volta Redonda depois por desrespeito ao decreto de carnaval
<
VOLTA REDONDA

Atualizado às 23h33min.
Um estabelecimento foi interditado na noite de segunda-feira (15), em Volta Redonda, depois de desrespeitar o decreto da cidade que proibi a realização de festa no período de carnaval.
Segundo informações obtidas com uma fonte na polícia, a interdição aconteceu por conta de aglomeração e por funcionar como boate, o que não é permitido pelo decreto assinado pelo prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto. O proprietário do bar ainda não havia se pronunciado sobre a interdição.
A força-tarefa montada para coibir festas ou aglomeração de pessoas no período de carnaval rodou bairros da cidade, onde foram feitas denúncias. Santa Cruz e Siderlândia tiveram denúncias de festas clandestinas organizadas. Equipes do 28º Batalhão da PM com a Guarda Municipal e Conselho Tutelar estiveram nesses em outros bairros. Até o momento, ninguém foi detido.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).