Banda Moreira Lopes de Barra do Piraí completa 97 anos de atividade

A filarmônica fortalece os laços culturais e históricos da cidade e região.

0
47
Atualizado às 17h49min.

BARRA DO PIRAÍ
Em julho, a Banda Filarmônica Moreira Lopes completou 97 anos de existência. Ela foi fundada em Barra do Piraí, em 1922. Sob a coordenação do maestro Rafael Persan, a banda perpetua gerações mantendo uma escola de música, que garante aulas gratuitas. Além de trabalhar para a formação musical e a consciência cidadã por meio da arte.
– Como o tempo passou rápido! Parece que foi ontem que músicos idealistas juntaram para dar início à realização de um sonho coletivo que, num primeiro momento, se apresentava distante. Formar mais uma banda em Barra do Piraí. Aos poucos a ideia foi tomando corpo graças ao apoio dos abnegados trabalhadores que abraçaram esse sonho e ajudaram a concretizá-lo – comentou o maestro Rafael.
Desde o dia 02 de Julho de 1922, a banda é dedicada à música, com o objetivo de mostrar a capacidade de se adaptar aos mais variados e diferentes estilos. Além disso, tem apresentado concertos que vão desde os eruditos, passando pelos temáticos, até os contemporâneos. Ainda lançando repertórios em homenagem aos músicos e ao público que flerta com o universo popular.
A banda já se apresentou fora do município, como os da cidade do Rio de Janeiro, Nova Friburgo-RJ, São Paulo-SP e Rio Preto-MG, gravação de CD na Rádio MEC, em parceria com ASBAM, “Encontro de Bandas”, no Forte de Copacabana e a abertura do “Encontro de Bandas em Nova Friburgo”.
– Hoje à Filarmônica Moreira Lopes é uma realidade, mas nada disso teria sido possível sem o apoio e amor incondicional de seus músicos, que com o tempo se renovam e acompanharam desde sua criação desse grupo. Somos gratos a todos que embarcaram no sonho até que ele virasse realidade. Agora ela existe e pretende levar o nome de Barra do Piraí para além de suas fronteiras, mesmo sem auxílio público e se o poeta disse: “Navegar é preciso”, nós que fazemos acontecer, dizemos: “Sonhar é preciso”, concluiu Persan.

Como participar?

Para se matricular e participar das aulas gratuitamente, os interessados devem se dirigir até a sede da SMML que fica na Avenida Tiradentes, nº 148, no Centro. A referência é a Rua do Cemitério, ao lado do Sindicato.
A idade mínima exigida é de 11 (onze) anos e o processo deve ser realizado às quartas-feiras. Os documentos necessários são RG, CPF, comprovante de residência e 1 foto 3×4, todos originais e cópia.
A sociedade funciona às segundas, quartas, quintas e sextas-feiras, das 16h às 22h e às terças, das 19h às 22h. Maiores informações podem ser obtidas no telefone (24)99943-7016, em horário comercial ou na própria sede. (Foto: Divulgação).

 

 


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui