Ator Flávio Migliaccio é encontrado morto em sítio, no Rio de Janeiro
Atualizado às 13h47min.

RIO BONITO
O ator Flávio Migliaccio, de 85 anos, foi encontrado morto na segunda-feira (4), sozinho, em um sítio dele que fica no município de Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.
Foi o caseiro que encontrou o corpo de Flávio e ligou para o filho do artista, Marcelo Migliaccio, que foi para a propriedade. Ainda não há informações sobre a causa da morte.
Advogado de Flávio há mais de 20 anos, Sylvio Guerra usou as redes sociais para lamentar a morte do cliente e amigo. “Com muito pesar que recebemos a notícia do falecimento do meu querido cliente Flávio Migliaccio, a quem representava judicialmente há mais de 20 anos e desenvolvi uma amizade além do campo profissional. Flávio tinha muita alegria e um talento que irradiava felicidade, seja como o Tio Maneco, seja como Seu Chalita e todos os outros personagens que interpretou ao longo da sua carreira”, escreveu Sylvio, que prestou solidariedade à família.
Flávio tinha 85 anos e colecionava uma série de trabalhos de sucesso na televisão e nos cinemas. Grandes personagens marcaram a carreira do artista que ficou conhecido por interpretar Tio Maneco, do filme “Aventuras com Tio Maneco e Maneco”. Além do xerife, da novela “O Primeiro Amor” e do seriado infantil “Shazan”, e Seu Chalita, da série “Tapas e Beijos”.
O último trabalho de Flávio na televisão foi na novela “Órfãos da Terra”, exibida em 2019 pela Rede Globo.

Foto: Reprodução.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).