Ator do filme ‘Cidade de Deus’ é detido em VR e causa um alvoroço na delegacia

Vendedor de paçoca, ex-usuário de Crack comoveu policiais e quem estava na 93ª DP.

1
11075
Atualizado às 16h22min.

VOLTA REDONDA
O ex-ator e morador de rua, Rubens Sabino, o “Rubinho”, de 38 anos, que participou do premiado ‘Cidade de Deus’ (2002), virou a sensação na delegacia de Volta Redonda (93ª DP), na tarde de quarta-feira (4). Nossa equipe estava na hora que ele foi trazido pela Guarda-Municipal após entrar em um setor da prefeitura para tentar vender paçocas.
Num dia movimentado de plantão policial, Rubinho “roubou” a cena. Ele foi abraçado e reconhecido por todos. Muitos tiraram fotos e ele, muito simpático com todos, contou um pouco da história de vida dele e ainda vendeu seu peixe. Vários policiais, civis e militares, compraram as paçocas para ajudar ele custear o retorno para o Rio de Janeiro.
– Sou ex-viciado em crack, em recuperação, e esse é meu trabalho, vender paçocas nos sinais pelas cidades que eu passo – contou com um sorriso no rosto.
Ele é um dos que deixou a fama pela droga. Hoje, ele se diz em recuperação para se livrar da dependência química. Ele interpretou o papel do traficante “Neguinho”, no filme de Fernando Meirelles, que concorreu ao Oscar, no ano seguinte [2003], no s Estados Unidos. Viveu muito tempo na Cracolândia, em São Paulo. “Ele é uma pessoa extremamente inteligente e com muito talento”, disse Meirelles, em uma entrevista de maio de 2015. O diretor relata que tentou ajudá-lo deixar as drogas, mas sem sucesso.
Cena de Rubinho no filme de 2002. (Cidade de Deus).
Aparentando está bem, o vendedor de paçocas assinou apenas um termo circunstancial e não foi fichado em Volta Redonda. Ele foi atendido pelo delegado Rodolfo Atála, adjunto da 93ª DP, que liberou ele em seguida.
– Agradeço a todos os policiais aqui que me deram essa força. Fico muito feliz e vou seguir meu caminho que tem como meta fugir das drogas e vender minhas paçocas – afirmou Rubinho.

Fotos e Vídeo: Evandro Freitas.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.