Atualizado às 19h23min. 

VOLTA REDONDA
Um carro do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae-VR) ficou parcialmente destruído na tarde de sexta-feira (15) depois que um tronco de árvore caiu sobre o veículo. Uma figueira que fica na cabeceira do viaduto Nossa Senhora das Graças, que liga o Centro de Volta Redonda ao bairro Aterrado.
Nós transmitimos, AO VIVO, com EXCLUSIVIDADE pelas redes sociais a remoção do veículo e do tronco gigante que acabou interrompendo uma das alças do viaduto, que leva para rodovia que liga a cidade a vizinha Barra Mansa (Clique e Assista).
O acidente deu um nó no trânsito no local. O congestionamento chegou a dois quilômetros. Ruas próximas ao Estádio da Cidadania ficaram completamente congestionadas. O fato aconteceu por volta das 16h. O trânsito só foi parcialmente liberado perto das 18h.
Segundos fizeram do acidente um susto. Se o motorista não tivesse tido o reflexo ele poderia ter morrido com o impacto e o peso da árvore.
Conversamos com o motorista que dirigia a Saveiro. Vanderlei José de Oliveira, há 16 anos funcionário do Saae-VR, considera que “nasceu de novo”. Ele contou que vinha pelo viaduto, quando ouviu um estalo. “Eu tentei acelerar para fugir daquele barulho. Eu imaginei que algo fosse cair. A sorte que esse carro é a gasolina e tem uma boa arrancada. Do meu lado vinha um motociclista que ficou em choque. Por pouco a árvore não caiu em cima dele. Graças a minha reação eu estou vivo aqui”, comemorou Vanderlei.
O coordenador da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) Gil Portugal, que fica a menos de um quilômetro do local do acidente. Ele é casado e pai de quatro filhos. “Voltei de férias segunda feira. Graças a Deus só estou um pouco dolorido por conta do impacto. Um detalhe eu poderia não estar aqui para contar história”, afirmou.
O carro ficou amassado, mas será possível recuperar. A vida felizmente foi o melhor da história. “Preserva a vida que agora você tem seis”, brincou um guarda ao se referir que ele pode ter nascido de novo. (Fotos: Jean Alves).
Trânsito deu um nó por conta do acidente com a árvore.