Amor por Volta Redonda: História na minha curva do Paraíba

0
196
Atualizado às 20h02min.

RODRIGO MATIAS
Essa semana a coluna saiu com atraso, mas o motivo é nobre. Volta Redonda completou 65 anos de emancipação político administrativa e só quis escrever depois das festividades.
Não vou aqui falar sobre a história da cidade e seus principais acontecimentos nessas últimas seis décadas. Isso você encontra em qualquer buscador na internet. Não, quero falar da minha experiência pessoal. Algo que, acredito eu, vai lhe fazer refletir.
Eu não amava minha cidade natal, pelo contrário, queria sair dela o mais rápido possível na época da minha adolescência. Meu alvo? São Paulo, capital. Isso mudou quando fiz 17 anos. Uma experiência mudou minha visão é gerou uma paixão. Foi aí que nasceu a minha curva no rio da vida e mudou minha decisão para sempre.
Hoje amo minha cidade, abri uma das minhas empresas aqui e, apesar de ter tido oportunidades diversas de morar fora, decidi construir meu futuro em Volta Redonda. Amor não é um sentimento. É uma decisão. Decidi amar Volta Redonda, com seus ônus e bônus.
O que você sente quando pensa em Volta Redonda? Até a próxima semana.


Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).