Amauri: “Atrair novas empresas trará desenvolvimento para Rio das Flôres”
<
Fotos: Divulgação
RIO DAS FLÔRES

Atualizado às 17h38min.
Na reta final de campanha, o candidato à prefeitura de Rio das Flôres, Amauri Batista (PROS), que subiu nas pesquisas de opinião e ganhou destaque entre as intenções de voto, lembra que a cidade precisa investir em atrair empresas e gerar mão de obra qualificada. Apesar de ter uma economia baseada no turismo histórico e de lazer, Rio das Flôres pode ser, segundo o candidato, um polo de capacitação profissional se conseguir atrair investimentos.
A cidade fica em um eixo Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Para Amauri, não falta território para expandir o mercado e buscar soluções e atrativos para novas empresas.
– O jovem precisa ser valorizado. Tem que haver mais opções do que apenas trabalhar nas fazendas e no comércio. Isso não pode ser a única opção para o povo de Rio das Flôres. Podemos, sim, criar cursos profissionalizantes gratuito para quem quer se capacitar. A população não precisa viver somente de migalhas. Todos têm capacidade. Consegui contato com 40 empresas que podem gerar juntas 2 mil empregos diretos. É disso que o município precisa. De quem pense para frente e deixar para trás a velha política do toma lá, dá cá – disparou Amauri.
Candidato do PROS afirma que saída é o emprego e renda
Candidato do PROS afirma que saída é o emprego e renda para a cidade avançar.
Outra ideia é implantar um Polo Industrial na cidade. Desenvolver um setor industrial para gerar emprego. “Podemos criar incentivos para atrair e gerar renda. Muitos passam necessidade por não ter uma oportunidade de levar o pão de cada dia para casa. Isso por não ter emprego. Quero fazer e sei como fazer. Não adianta ficar na mesmice do jeitinho e o povo passando necessidade. Outro projeto é criar um auxílio cidadão para as pessoas de baixa renda. Com isso tornar possível famílias inteiras se estruturarem e sair do patamar da pobreza extrema”, ressaltou o candidato.
Amauri garante que é preciso pensar diferente. Segundo ele, não adianta continuar com as mesmas ideias que “não deram certo nos últimos quatro anos”. Para o candidato, o foco a capacitação de jovens e adultos e o trabalho para atrair novas empresas vai tirar a cidade da estagnação financeira de décadas para um futuro mais promissor.
– Não existe conversa. O papo reto com a população é dizer que vamos trabalhar para que empresas sem instalem na nossa cidade e gere emprego e renda. Isso é bom para todos. A cidade arrecada, prospera, fortalece o comércio, as empresas e o cidadão. Chega de exportar talentos para fora. Queremos que nossos jovens possam construir e criar suas famílias na terra em que nasceram. O futuro por ser diferente e eu vou lutar para isso. Contem comigo – frisou Amauri.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).