PARATY

Atualizado às 20h12min.
A Polícia Militar prendeu, na manhã de domingo (20), em Paraty, Rhyan Patrick dos Santos, de 18 anos, um dos acusados de matar o farmacêutico Carlos Alexandre Rezende, de 40 anos. A vítima morreu em uma tentativa de assalto, no Rio, em março deste ano. O suspeito foi encontrado na Praia do Sono.
Dados do serviço de inteligência da Polícia Militar apontaram a localização do jovem, que estava foragido desde junho, mês em que o mandado de prisão foi expedido pela Justiça. “A gente foi trabalhando essas informações para chegar no dia de hoje e confirmar, sem a possibilidade de dar erro. Essa praia é um local de difícil acesso, a gente só chega de barco ou enfrentando uma trilha, que dá mais de uma hora caminhando”, contou o tenente-coronel Rodrigues, comandante da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).
Rhyan foi encaminhado para a delegacia de Paraty e deve ser transferido nesta segunda-feira (21) para a Cadeia Pública de Volta Redonda. Ele vai responder por latrocínio (roubo seguido de morte).
Carlos foi morto com um tiro na cabeça, na Praça Carlos Paolera, na Tijuca, na manhã de 25 de março. Ele aguardava a mulher, Alessandra Moraes, de 42 anos, que estava chegando de viagem de São Paulo, onde eles moravam. Carlos estava visitando a família na cidade quando foi assassinado.

Comentários via Redes Sociais ou no portal:  
(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por opiniões de leitores na matéria).