Atualizado às 20h34min.

RESENDE 
O acervo do Museu de Arte Moderna de Resende (MAM), que possui obras de artistas renomados como Tarsila do Amaral, Guignard, Segall, Ceschiatti, Carlos Scliar, Clécio Penedo e Santa Rosa, entre outros, vai ganhar um reforço nas próximas semanas, com a chegada de 25 trabalhos doados pelo Instituto Itaú Cultural. No lote que virá para o espaço cultural, considerado um dos mais importantes do interior, estão desenhos, litografias, gravuras, serigrafias e pinturas em óleo sobre tela, assinados por artistas brasileiros respeitados no mundo das artes, como Paul Klee, Helene Schindler e Gilberto Salvador.
O processo para a vinda das obras teve início em maio deste ano quando o Instituto Itaú Cultural divulgou, por intermédio do IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus), uma lista com 775 bens culturais, voltados para museus públicos e privados, disponíveis para doação. Logo após o anúncio, o MAM de Resende manifestou oficialmente o interesse em algumas peças e, em seguida, recebeu a confirmação de que 25 delas passariam a integrar o acervo, que é disponibilizado para a visitação do público no período de férias escolares, entre os meses de dezembro, janeiro e fevereiro.
De acordo com a presidente da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda, Denise Assis, o objetivo da aquisição é atualizar e enriquecer o acervo do museu e torná-lo constantemente atrativo para os visitantes.
– A chegada dessas obras vai permitir que a população de Resende e da região tenha acesso a um acervo diferenciado, com peças de artistas importantes para o cenário das artes plásticas. E isso, de certa forma, aproxima o interior dos grandes centros urbanos, onde este tipo de exposição é bastante comum, além de criar uma conexão com outros museus espalhados pelo mundo – explicou Denise Assis.
Entre os destaques que chegarão ao MAM estão obras do quadrinista e ilustrador brasileiro Laudo Ferreira Junior e uma reprodução do pintor suíço-alemão Paul Klee, além de obras de Silvio Oppenheim, Wylma Sedys, Herton Roitman, entre outros. O transporte das peças, que será executado por uma empresa especializada, está sob a responsabilidade do Instituto.
O MAM Resende, que atualmente conta com a exposição Diálogos Urbanos, do artista plásticos Anderson de Souza, em cartaz, fica na Rua Doutor Cunha Ferreira, 104, no Centro Histórico. O funcionamento do espaço é de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 14h às 18h.