Atualizado às 15h13min.

BRUNO CHIO
Oiee… meus queridos leitores! Hoje iremos falar sobre o profissionalismo na arte da maquiagem.
Vocês sabem que a maquiagem existe há mais de 4500 anos. Ela sempre foi muito útil para despertar a beleza em cada pessoa, demonstrar força e até em questões de saúde ela já atuou e atua. Em breve, em outra coluna, entraremos mais a fundo na história belíssima da maquiagem, que é totalmente atemporal.
Sendo a maquiagem assim, tão importante para nós, ela deve ser usada de forma correta. Seja com bons instrutores, maquiadores, devem saber realçar os traços marcantes de cada pessoa que for maquiada. Por isso, existe a grande diferença entre o maquiador Profissional e o técnico. Através dessa humilde analise, vocês poderão identificar o melhor profissional para vocês de acordo com o objetivo a ser alcançado.
Maquiador  Profissional

O Profissional da maquiagem está preocupado com o conceito. Ele é criativo e se preocupa em trazer à tona aquilo de mais belo que cada pessoa tem. Atenta-se ao seu individualismo. Ama o que faz e transfere isso para toda make que realiza.
Realçar o que se tem de melhor, sabe que cada um tem sua beleza na sua época e no seu devido tempo, aflora sua verdadeira beleza e evidencia os frutos. Faz com que você se sinta única. Ele é um artista completo, tentar transferir para todos os clientes as boas energias, ondas de emoção, amor e total atenção. Não se preocupa com o dinheiro ou com o que se vende mais. Se preocupa com o bem-estar, se o cliente está se levantando todo dia linda e bem. Esse tipo de profissional, não esconde quem você é. Não te transforma em outra pessoa, não se importa com o antes e o depois, mas se importa em presentear os clientes com uma versão “real”, evidenciada, bela de cada um, como indivíduo único sem perder a sua característica e verdadeira essência.
Metade de um bom resultado de uma maquiagem, está na preparação de uma boa pele. Esse é o comportamento de um profissional. Com uma boa pele feita, sobrancelhas, batom e olhos, entram para complementar o que já está corrigido. Não se importam com a marca, apenas com a qualidade e se isso traz o bom resultado que deseja.
Maquiador técnico

Ele que detém inúmeros títulos e cursos e claro, está sempre muito preocupado em mostrar. As vezes isso acontece com um pouco de tom de arrogância. Gosta de transformações. O antes e o depois, sempre fazem parte de seu extenso portifólio. O foco são os trabalhos em que o técnico nem conhece o cliente. Valoriza o que é bonito e feio apenas e o preço dos instrumentos de maquiagem é o diferencial. Raramente evidencia as makes do dia a dia, pois apenas quer algo que “CHOQUE” quando visto.
Por exemplo, uma criança negra de cabelos cacheados estava se preparando para ser dama de honra. A pele perfeita da criança não exige maquiagem e mesmo assim ele foca na transformação, fazendo escovas e penteados extravagantes no cabelo, maquiagens exageradas, muda características e não respeitando a personalidade. O que pode acontecer no final é a criança, odiando o resultado, vai acabar removendo tudo quando encontrar o primeiro lavatório.
O maquiador padrão não se satisfaz com a felicidade do cliente e sim com o que ele pode pagar. A grande diferença entre os dois está na hora de dormir. Você, sendo um grande profissional, se deita satisfeito, sabendo que todos os clientes estão felizes e que, com certeza, retornarão até você.
Dinheiro, não é tudo. Dinheiro não traz satisfação pessoal, emocional e muito menos realização profissional. Valorizar as pessoas, tratá-las como únicas e respeitá-las como são é o que faz todo esforço valer a pena. Dinheiro é importante sim para a vida do profissional ou do técnico, mas é apenas consequência de um trabalho bem executado.
Bem meus leitores, espero que minhas palavras tenham sido de grande valia para aumentar o conhecimento de vocês e esclarecer essa grande diferença. Um grande beijo do Chio e até a próxima!

Comentários via Redes Sociais ou no portal:

(O Sul Fluminense Online não se responsabiliza por comentários na matéria).