Atualizado às 18h20min.

VOLTA REDONDA
O vereador Edson Quinto (PR) assumiu na manhã de 1º de janeiro a presidência da Câmara Municipal de Volta Redonda, no Sul do Rio. É a segunda vez que o parlamentar irá gerir a Casa e conduzir a Mesa Diretora. Isso depois de quebrar um tabu. Em 2016, quando era presidente, acabou reeleito mudando a regra de parlamentar na presidência não se reelege. 
No mesmo ano, Edson Quinto conquistou o quinto mandato como vereador. Ao lado dele assumiram a Mesa Diretora da Câmara os vereadores Carlinhos Sant’Ana (SD), primeiro vice-presidente; Tigrão (MDB), como segundo vice-presidente; Francisco Novaes (PP), como primeiro secretário e Jari (PSB), como segundo secretário.
Devido a quantidade de pessoas para posse, a cerimônia, que estava programada para o salão nobre Glória Roussin, precisou ser transferida para o saguão Jamil Riz, na entrada principal da Câmara. O calor do primeiro dia do ano foi encarado com bom humor pelo presidente empossado.
Novo presidente promete gestão mais próxima das comunidades
Participaram da cerimônia o vice-prefeito de Volta Redonda, Maycon Abrantes (PV); o secretário de Estratégia Governamental, Claro Mariano; a secretária de Política para Mulheres, Dayse Pena, que representou o prefeito Samuca Silva e ainda leu um texto enviado por ele. Entre os vereadores estiveram na sessão de posse Fernando Martins (MDB), Pastor Washington (PRB), Isac Bernardo (PEN), Paulo Conrado (PRTB) e Rosana Bergone (PRTB).  O presidente do PR na cidade, Antônio Cardoso, e presidentes de associações de moradores, parentes e amigos de Edson Quinto também participaram da posse.
– Vamos dar continuidade e nos inteirar de como está a Casa, com o presidente Granato. Pretendo resgatar um projeto da Câmara Itinerante, em que nós íamos até as comunidades que não tinham chance de vir a esta Casa – ressaltou Edson.
O primeiro vice-presidente, Carlinhos Sant”Ana (SD) defendeu a “independência” dos poderes e a relação harmônica com o Executivo. “Nenhum escândalo chegou a essa Casa, enquanto o país viu vários políticos sendo presos. Vamos exercer esse mandato com muita serenidade, mas com total independência. Não deixaremos de questionar o prefeito, quando necessário – destacou Carlinhos. (Fotos: Evandro Freitas).
Edson Quinto homenageou a mãe durante posse na CMVR.