Atualizado às 15h58min.


VOLTA REDONDA

O mamógrafo móvel, da secretaria Estadual de Saúde, realizou, de terça (03) a sábado (07) atendeu 731 mulheres em Volta Redonda-RJ. A ação, que faz parte do Programa Estadual Nova Saúde, reduziu a fila de espera de pacientes que aguardavam por ultrassonografia e mamografia. As pacientes foram encaminhadas pelas Unidades Básicas de Saúde que aguardavam na fila de espera. Foram 525 mamografias e 206 ultrassonografias transvaginal.

O caminhão adaptado com modernos equipamentos, veio à cidade, cedido pelo Estado.
O secretário de Saúde da cidade, Alfredo Peixoto, disse  que o objetivo foi alcançado.
“Por orientação do prefeito Samuca, solicitamos ao Estado esse Mamógrafo Móvel desde o ano passado. A realização de um exame para quem está aguardando numa fila de espera é importante. E qualquer forma de trazer para dentro do município formas para reduzir essa fila vamos fazer”, frisou.

O Mamógrafo Móvel que possui estrutura com equipamentos modernos, ar condicionado e salas para a realização dos exames, permaneceu nesses cinco dias, estacionado ao lado do Estádio Raulino de Oliveira. “Tudo que é feito para a gente consultar e fazer exames mais rápidos é como tirar as pessoas da doença, fazendo a prevenção” disse Patricia de Souza, moradora do Retiro.

A aposentada Tânia dos Santos, do Monte Castelo, é direta.
“Eu tenho uma amiga que acabou perdendo a mama porque ela demorou a procurar fazer os exames. Vou sair tranquila depois de fazer a mamografia”, comparou. (Foto: Divulgação)