Atualizado às 12h54min.


VOLTA REDONDA

O Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), Campus Cicuta, que recebeu uma ordem de despejo por falta de pagamento de aluguel. A faculdade está endividada com a CBS (Caixa Beneficente dos Empregados da Companhia Siderúrgica Nacional), que é o fundo de pensão dos funcionários da CSN e que gere a parte da previdência privada dos funcionários. A dívida é com a CBS que tem vários imóveis na cidade e não com a CSN, como havíamos publicado anteriormente. A dívida passa dos R$ 3 milhões há mais do que um ano em atraso. A decisão é da 3ª Vara Cível de Barra Mansa.

Ainda não há previsão para a discussão ou tentativa de um acordo. A direção do campus não se manifestou. Tentamos contato com a assessoria de imprensa da faculdade na manhã desse sábado (12), mas o telefone só chamava. O prédio anteriormente era a Cobrape (Companhia de Projetos e Empreendimentos), que prestava serviços à siderúrgica. O campus Cicuta foi aberto no início dos anos 2000, quando a Cobrape encerrou as atividades no local.

Os débitos da universidade não é somente com a CBS. O UBM deixou de pagar o salário dos professores do campus Barra Mansa por aproximadamente três meses, segundo o SinPro (Sindicato dos Professores) e o Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária do Centro Universitário. Cerca de 500 pessoas, alunos e professores fizeram uma manifestação na terça-feira (08) para reclamar dos salários atrasados.

Em nota enviada pela Comissão de Comunicação Institucional, o UBM informou no fim da tarde dessa segunda-feira (14) que entrou em negociação com CBS, no fim de abril/2018. Segundo a nota, foi estabelecido um acordo para a regularização da locação do imóvel do campus Cicuta, com o parcelamento dos débitos, que já teria sido iniciado os pagamentos. A culpa pelos atrasos, segundo a instituição, seria a crise financeira, inadimplência e falta de recebimentos do Fies. Mesmos motivos dados para justificar o atraso de três meses de salário dos professores. (Atualizado 22h21min)

2 COMENTÁRIOS

  1. Único jornal que trás notícia de verdade e transparente, pois os outros não fazem nenhuma publicação contra a UBM…
    E sua falência.

  2. Bom eu sou aluno do UBM Centro Universitário de Barra Mansa RJ, acho um absurdo isso tudo pois pagamos nossa mensalidade tudo em dia, se não pagamos ainda vem juros, como que eles falam que não estão recebendo? Se nem todos os professores foram manifestação como foi publicado no jornal, eu acho que deveria ter o mínimo de senso mesmo quem ainda está recebendo porque tem gente recebendo se não a instituição já teria parado, e todos fazerem greve pra ser se rapidinho as coisas não dão jeito. Isso pra mim é MA administração

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui