Atualizado às 23h57min.


VOLTA REDONDA

A prefeitura de Volta Redonda-RJ divulgou nessa quinta-feira (01) que autorizou, pela Central Geral de Compras (CGC), a licitação para compra de mais três (03) ônibus elétricos para a cidade.Por meio de pregão eletrônico, a tomada de preço tem a validade de 12 meses. Porém, segundo informações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), os veículos devem chegar ainda neste primeiro semestre para iniciar a segunda etapa do projeto Tarifa Comercial Zero.

Um ônibus está em funcionamento desde o lançamento no início de outubro de 2017. Segundo Eli Alves, gestor do CGC, foi solicitada a compra de três ônibus elétricos. No edital, a prefeitura exigiu uma garantia de 20 anos ao município. 

 – É um patrimônio ecologicamente correto, com baixo custo de manutenção de pneus e de energia elétrica. Isso não tem nem comparação aos veículos que utilizam combustíveis fósseis. O projeto ‘Tarifa Comercial Zero’ vai beneficiar a economia da cidade, já que vai circular nos principais centros comerciais da cidade (Vila Santa Cecília, Aterrado, Retiro e Avenida Amaral Peixoto)”, comentou o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva (PODEMOS).

Quando o projeto estiver com três ônibus elétricos, o tempo de espera dos passageiros nos pontos será dentre 20 e 25 minutos. O veículo conta com wifi, ar-condicionado, carregador de celular e velocímetro exposto ao passageiro. Na primeira etapa do ‘Tarifa Comercial Zero’, o percurso tinha de 12 quilômetros e a autonomia da bateria do ônibus elétrico é de 400 quilômetros.

Com o projeto, a prefeitura pretende melhorar a experiência em mobilidade urbana dos passageiros com a cidade de Volta Redonda. “Queremos que a população deixe o carro em casa para vir aos centros comerciais de ônibus elétrico. Será bom para o meio ambiente, bom para a economia e bom para a população. Estamos dando esse exemplo antes de outras modificações no trânsito”, concluiu o prefeito.