Atualizado às 20h48min.


ESTADO

Na manhã desta terça-feira (09), o cabo José Renê Araújo Barros, de 35 anos, foi morto ao participar de uma operação para combater a disputa entre os criminosos pelo controle de uma região de Macaé, cidade da Região dos Lagos do Rio. Ele morreu enquanto era socorrido para o hospital mais próximo. Ele é o quarto policial militar morto no estado este ano.

O cabo era lotado no 32º BPM (Macaé) e estava há oito anos na corporação. Ele deixa mulher e três filhos. Ainda não há informações sobre o sepultamento do PM.

Depois da morte do PM o clima em Macaé ficou tenso. Segundo a polícia, traficantes deram ordem para fechar o comércio e incendiaram quatro ônibus. De acordo com a polícia, há uma guerra entre facções no bairro Lagomar, Zona Norte da cidade. O policiamento foi reforçado.

Em vídeos publicados na página Onde Tem Tiroteio-RJ (OTT-RJ), em uma rede social, mostram carros da PM circulando em alta velocidade no Centro da cidade e até um helicóptero sobrevoando comunidades próximas ao local da morte. (com informações de O Dia).

Ônibus foram incendiados durante a tarde. Bandidos decretaram toque de recolher e comércio fechado. (REPRODUÇÃO)