Atualizado às 15h09min.


Barra Mansa

O Colégio Estadual Barão de Aiuruoca, vai realizar nos dias 05 e 06 de setembro, o Feirão de Humanas. O evento acontecerá na dependência da escola.

De acordo com o professor Frederico Ribeiro, serão aproximadamente 13 oficinas com assuntos diversificados como questões como gênero e diversidade, Relações étnico-raciais, Memória do Holocausto, Holocausto Manicomial brasileiro, entre outros. A proposta do feirão é que seja como uma estrutura similar a um simpósio ou uma semana acadêmica de uma universidade.

-Essa ideia veio com a ideia de levar aos alunos uma vivencia diferente”, disse o professor.

Frederico ainda destacou que tem observado casos de violência que tem como base o racismo, machismo e homofobia dentro das escolas, e espera que as oficinas sirvam para desenvolver um convívio melhor entre os alunos, além de servir como ferramentas de conhecimento.

-O principal objetivo da feira é que os alunos adotem uma postura diferente em meio a diversidade que existe na sociedade brasileira – finalizou.

Mesa-redonda

Além do Feirão de Humanas, o Colégio Estadual Barão de Aiuruoca vai promover duas mesas-redondas, nesta terça (05), às 9h30min, no Palácio Barão de Guapi, no Centro. Cerca de 100 alunos irão participar do evento que vai tratar de assuntos como As Reformas Trabalhista e Previdenciária e Memória e direitos humanos no Sul Fluminense, com a presença da professora Ana Paula Poll da UFF, o ex preso político da ditadura militar, Vicente Melo e pelo doutor em história, Luiz Fernando Mangea.