EXCLUSIVO


Atualizado às 13h42min.


VOLTA REDONDA 

Policiais militares realizaram uma operação para tentar capturar uma das maiores gerentes do tráfico de drogas de Volta Redonda-RJ, na manhã dessa quinta-feira (21), no bairro Santa Cruz. O alvo era Janaína, conhecida como “Tia”, apontada como a gerente do tráfico de drogas, do traficante “Nego”, preso em Bangu. O SUL FLUMINENSE ONLINE foi o único a acompanhar, com EXCLUSIVIDADE, a ação da PM.

A polícia tinha a informação de que em um apartamento terceiro andar do bloco 180 E, da Rua Major Anibal, anexo ao CRAS (Centro de Referência à Assistência Social) do bairro, era um depósito de armas e drogas da facção. Ao chegar, encontraram uma mulher identificada como Ana Paula dos Santos Silva e Jones Douglas da Silva foram presos. Segundo a PM, Ana Paula seria braço direito de Janaína. Na ausência dela, Ana Paula que era a responsável por distribuir drogas, armas e munições para os integrantes da facção. De acordo com a PM, Ana Paula confessou que estava guardando o material para Tia.

Foram encontrados no apartamento um fuzil HK 5.56, dois carregadores, 200 munições enroladas em um cobertor, 16 mil pinos vazios para embalar droga, 1768 pinos de cocaína, um saco com cocaína, um tablete da mesma droga, um saco com 47 pacotes de sacolés plásticos, uma impressora, 03 celulares mais R$ 1850 em dinheiro.

– Queria deixar avisado que não há conivência no nosso comando com nenhum criminoso em Volta Redonda. Tudo será combatido. Desde o menor crime ao maior crime. Aos poucos vamos fazer dessa cidade mais segura. Vamos avante a cada dia lutando pela nossa cidade – declarou o comandante da 1ª CIA do 28º Batalhão da PM, tenente Henrique.

Janaína é a mesma mulher que teria fugido de uma ação da PM, no início do mês, no bairro Siderlândia, que prendeu três homens, inclusive um apontado como marido dela. A denúncia era de que eles usavam uma oficina mecânica como ponto de apoio para o esquema de distribuição de droga. Na ocasião, o SUL FLUMINENSE ONLINE acompanhou em primeira mão a prisão dos suspeitos. (Veja matéria)

A operação foi chefiada pelo comandante da 1ª CIA do 28º Batalhão, o tenente Henrique, que estava de licença paternidade mesmo assim foi comandar a operação. Participaram ainda os agentes da Patamo III, sargento R.França e os cabos Reis e Brito, PPC-03 (Santo Agostinho), os sargento S.Esteves e o cabo De Paiva, PPC-05 (Santa Cruz), os cabos Araújo e Caetano e a Supervisão de Oficiais do sub Carolino e 1ª tenente Suelen. O material e a suspeita foram levados para delegacia (93ª DP), onde o caso será registrado. Mais fotos, EXCLUSIVAS, da operação (Clique Aqui)