Atualizado às 16h42min.


VOLTA REDONDA

Pela terceira vez acontece a formatura da Guarda Municipal, na sede do órgão municipal, na Ilha São João. O ato acontece uma vez por mês e contou com a presença do prefeito Samuca Silva (PODEMOS). O prefeito anunciou que vai adquirir 40 mil munições para o treinamento de tiros dos agentes. Essa é uma das exigências da Polícia Federal para que a Guarda Municipal tenha o direito ao porte de arma.

Pela determinação da PF, cada agente, precisa efetuar 300 tiros durante o treinamento para adquirir a autorização do órgão federal. “Estamos investindo mais de R$ 200 mil na compra das munições. Estive em Brasília quatro vezes para debater o assunto com a Polícia Federal e com o ministro da Justiça. Existe um processo judicial sobre o assunto, mas preferimos conseguir o direito através dos processos administrativos”, afirmou.

Samuca fez questão de lembrar o que de avanço ele conseguiu no atua governo, como o status de secretaria, conforme determina a lei federal; o inicio do Ras (Regime Adicional de Serviços). O sistema, que também uma determinação da lei federal, prevê o trabalho dos agentes da corporação em turnos adicionais com o horário diferenciado, sem prejuízo da escala regular de serviço. E ainda: a compra de dez novas viaturas da Guarda, com um investimento de R$ 1 milhão – com recursos próprios da prefeitura.

“Tenho um carinho especial pela Guarda e tenho um tio que foi agente de Volta Redonda. Os próprios guardas escolheram o atual comandante, através de uma lista tríplice. Guarda tem que ser comandada por guardas”, frisou Samuca.

Prefeito empossa sub-comandante durante a formatura (EVANDRO FREITAS – PMVR)

Ele citou ainda a questão do PCCS (Plano de Cargo, Carreira e Salário) da categoria e o concurso público para o órgão. “Precisamos ter um PCCS real. Determinei que fosse formada uma comissão, com oito guardas, para debater e elaborar proposta e ideias para o plano da categoria. Em relação ao concurso público, estamos impedidos de realizar a prova por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), mas em compensação, estamos com o RAS”, explicou o prefeito.

Samuca Silva também anunciou que a Guarda Municipal terá mais um subsecretário: trata-se de Rogério Nascimento. O outro subsecretário é o guarda Rodrigo Muller. A corporação é comandada por Paulo Henrique Dalboni.

“Dalboni é incansável. Mesmo passando por um problema grave de saúde, ele não deixou de trabalhar em prol da Guarda. Agora, ele terá dois subsecretários, Muller e Rogério”, finalizou Samuca.