Atualizado às 23h46min.


VOLTA REDONDA

Na manhã desta terça-feira, o prefeito Samuca Silva (PODEMOS) recebeu membros do Conselho de Acompanhamento e Controle Social (Cacs/Fundeb), que tem como missão fiscalizar se a verba para a educação é aplicada corretamente. Acompanhado pelos secretários municipais de Educação, Rita de Cássia Oliveira, de Fazenda, Norma Chaffin, de Administração, Carlos Baía, e do Gabinete de Estratégia Governamental, Fabiano Souza.

“A idéia é dialogar, estamos aqui para somar. Queremos estreitar relações, ajudar a prefeitura a trabalhar”, comentou Fábio Teodoro, presidente do CACS/Fundeb e representante dos professores no conselho, destacando que a entidade não tinha esse espaço anteriormente.

Além de estreitar a relação entre administração municipal e o conselho, diversas pautas ligadas à educação foram conversadas durante o encontro. Dentre os assuntos estava o PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários). Samuca esclareceu as dúvidas dos conselheiros e citou que foi criado um grupo de trabalho para tratar essa questão.

Outro ponto abordado foi a capacitação dos professores. Em comum acordo entre as partes, foi definido que será elaborado um plano de educação continuada para melhorar a capacitação e motivar os profissionais.

“Vamos pensar juntos, daqui para frente, em um plano de educação para criar melhorias na capacitação dos professores. Esse plano servirá para sabermos o que podemos valorizar ainda mais na educação”, declarou a secretária municipal de Educação, Rita de Cássia Oliveira.

O conselho também perguntou sobre a possibilidade de uma sede definitiva para o CACS/Fundeb. O prefeito explicou que está previsto para o mês que vem a reforma do Colégio Estadual Acre, no bairro Siderópolis, que foi municipalizado e abrigará, além da Escola de Gestão, a Casa dos Conselhos. Segundo Samuca Silva, cada conselho terá sua sala e o espaço contará com contador, setor jurídico, sala de reunião, além de uma van que fará o transporte dos conselheiros para suas atividades externas.

“Se conseguirmos fechar o acordo para utilização do Escritório Central, na Vila, podemos avaliar outras possibilidades. O espaço mais imediato no momento é esse no Siderópolis. O conselho tem um papel fundamental. Este encontro, que nunca ocorreu com um prefeito, prova que queremos o melhor para a cidade, e correta aplicação do dinheiro público”, comentou o prefeito, que está prevendo uma visita na próxima semana ao colégio para verificar como estão os preparativos do local.

Durante a reunião, foram debatidos outros temas como: a mudança no sistema de compras da prefeitura; o suporte da EPD-VR (Empresa de Processamento de Dados de Volta Redonda) às unidades escolares; obras nas escolas; dupla regência dos profissionais da educação, entre outros.