Atualizado às 13h20min.


PINHEIRAL

O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), por unanimidade, na noite dessa terça-feira (09), reprovou as contas do ex-prefeito de Pinheiral-RJ, José de Arimathéa de Oliveira (PSB), referente a 2016. Entre os motivos principais, segundo os membros do TCE-RJ, é o “desequilíbrio” das contas. Desde 2013, o ex-prefeito teria recebido alertas sobre as prestações de contas ao órgão. O processo e os pareceres do processo nº 208.447-1/17 estão disponíveis no site do TCE.

O relatório do TCE-R será enviado para apreciação da Câmara de Vereadores de Pinheiral-RJ, para ser votado. Os vereadores poderão analisar e votar contra ou a favor do ex-prefeito. Caso as contas sejam reprovadas pelos parlamentares municipais, o ex-prefeito poderá ficar inelegível e fora das eleições desse ano. Para derrubar o parecer contrário as contas do TCE-RJ o prefeito precisará de seis dos nove votas do Legislativo.

Arimathéa teve uma conversa informal com o SUL FLUMINENSE ONLINE, durante a inauguração da Rodovia do Contorno, em dezembro. No bate papo rápido, ele comentou da vontade de ser candidato a deputado estadual pelo PSB. Resta saber se a Câmara vai permitir que essa candidatura aconteça. Se houver reprovação e o ex-prefeito ficar inelegível, ele pode recorrer na Justiça, mas isso atrapalharia a suposta candidatura. Resta a todos esperar. A votação das contas não tem data para ser feita. O recesso na Câmara termina em fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui