Atualizado às 22h42min.


EUROPA 

Na manhã desta segunda-feira (08), o meia da seleção brasileira, Philippe Coutinho, foi apresentado oficialmente no Barcelona, o novo clube do jogador. Depois de uma negociação que se arrastava desde julho passado, enfim bateram o martelo.

O Barcelona pagará 160 milhões de euros (cerca de R$ 620 milhões), com isto ele se torna a maior contratação da história do Barcelona e a 2ª maior da história do futebol mundial. Este valor é bem maior do que os 110 milhões de euros oferecidos pelo Barcelona ao Liverpool no meio do ano passado. Um detalhe importante nesse negociação milionária. O valor será parcelado. O time espanhol pagará 130 milhões agora e os outros 30 milhões serão pagos após etapas alcançadas pelo jogador no novo clube.

O meia chega ao clube com status de “substituto” de Neymar, porém a ideia inicial é utilizá-lo de maneira diferente. O técnico Ernesto Valverde disse que ele pode ser utilizado como meia de ligação, aberto pelos lados ou como número 10. No Barça ele reencontra Luis Suárez, com quem jogou junto no Liverpool, e também com o companheiro de seleção, o meia Paulinho.

Quem também ganhará com esta venda, será o Vasco da Gama. O clube receberá cerca de 15 milhões de reais como clube formador de acordo com a FIFA. Após o ato do registro do jogador pelo Barcelona, o Vasco entra na FIFA e o Barcelona terá 30 dias para efetuar o pagamento. Também será pago parcelado. Primeiro serão 12 milhões agora e 3 milhões depois.

O meia ainda não sabe qual número vestirá, já que no Campeonato Espanhol só é permitido números de 1 a 25 no time principal. A única camisa vaga atualmente é a 24. Porém, a 14 ficará vaga com a saída de Mascherano para o futebol chinês e a 7 poderá ficar vaga com a possível saída do meia Arda Turan, para o futebol turco.

Mina vendido pelo Palmeiras(REPRODUÇÃO)

Mina, zagueiro do Palmeiras, também é contratado

Também nesta segunda-feira (08), o Palmeiras confirmou a venda do zagueiro Yerry Mina para o Barcelona por R$ 45 milhões. Ele chega para ocupar o lugar do argentino Mascherano, que está a caminho do futebol chinês.

Esta negociação já estava certa, mas teve que ser antecipada. Ela estava prevista apenas para depois da Copa do Mundo desse ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Deixe seu nome aqui