Atualizado às 10h20min.


VOLTA REDONDA

O vereador Washington Granato (PTC) assumiu a presidência da Câmara Municipal de Volta Redonda-RJ, na tarde dessa segunda-feira (02) com um discurso otimista para o ano de 2018. A chamada Sessão de Transmissão de Cargo da Mesa Diretora para o exercício do novo ano aconteceu no Salão Nobre da Casa e recebeu a imprensa e alguns assessores e a presença de 12 dos 21 vereadores.

Essa será a quarta vez que o vereador, de 54 anos, assumirá a presidência da CMVR. Foi presidente em 2006, 2008 e 2014. No discurso, o parlamentar agradeceu cada vereador presente, individualmente, antes de destacar que deseja um mandado a frente da Mesa Diretora com “transparência e mais participação popular”. Granato disse ainda que estamos em um momento “que o político precisa se reinventar”. “Somos uma cidade referência para região. Muitas decisões tomadas aqui servem de exemplo para outras câmaras vizinhas. Vou tentar manter e continuar o trabalho do vereador Dinho. Vou ser justo, ético, transparente e independente”, afirmou Granato ao deixar entender que não deverá ser mais líder do governo Samuca, na Câmara.

Perguntado sobre a mudança, ele disse que ainda não tinha conversado com o prefeito, mas deve sugerir um nome para substituí-lo na bancada governista. “Ainda não conversei sobre isso com o prefeito, mas na presidência quero fazer o melhor para população. Aqui não é uma casa de embate ou disputa. Temos que primar pela razoabilidade. Nem do lado do bem, nem do mal. Sempre a favor do que é melhor para o povo”, garantiu ao deixar claro que vai promover a parceria entre os poderes.

O ex-presidente, Sidney Dinho (PEN), que volta ao cargo exclusivo de vereador, agradeceu e oportunidade de ser o presidente por um ano. “Aprendi muito com os vereadores que aqui estão. Aos membros da minha Mesa Diretora, meu vice Paulo Conrado. Estive sempre aberto aos ensinamentos de todos. Agradecer a Rejane que foi a diretora da Casa comigo, aos servidores, pois ser presidente dessa Casa para mim é muito importante. Para mim teve uma importância especial. A sensação que tenho é de dever cumprido. Tenho fé e esperança que o Granato dará continuidade e fará inovações”, destacou.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.