Atualizado às 19h.


VOLTA REDONDA

Em uma nota, divulgada na tarde dessa quinta-feira (28), que realizou o pagamento dos salários de dezembro de todo funcionalismo da prefeitura, ativos, inativos e pensionistas. A nota explica ainda que foram usados R$ 6 milhões do VR Previdência para quitar os débitos com os inativos e pensionistas. Graças a autorização da Câmara Municipal que aprovou o uso do recurso com o prazo máximo de 60 dias para devolução.

Segundo a prefeitura, a Procuradoria do Município (PGM), interviu com o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio foi dado a liminar para o desbloqueio dos R$ 22 milhões. O valor havia sido retido por ordem do tribunal essa semana. “Conseguimos comprovar ao Juiz do Órgão Especial que a prefeitura de Volta Redonda através de uma gestão exemplar do prefeito (Samuca Silva) está cumprindo seus acordos e que não poderia ser penalizada com essa situação”, afirmou Augusto Nogueira , Procurador Geral do Município.

A nota enfatiza que TODOS os pagamentos foram realizados na tarde dessa quinta. “Quero aproveitar e agradecer aos Vereadores, aos Procuradores do Município, à Secretária de Fazenda, Norma Chafin, o Gabinete Estratégico, pelo grande empenho em conseguirmos em tempo recorde, creditar todos os salários”, frisou Samuca.