Atualizado às 08h30min.


FLAMENGO

O Flamengo foi a Buenos Aires enfrentar o Independiente, no jogo de ida, pela final da Copa Sul Americana, na noite desta quarta-feira (06). Os argentinos venceram de virada o primeiro confronto da final. O Rubro-negro não vence na Argentina desde 2001. Giglioti e Meza marcaram para os argentinos, depois de Réver abrir o placar.

Na volta, a vitória do Flamengo por 1 a 0 leva a final para prorrogação e depois para os pênaltis. As regras são diferentes na final e não há gol qualificado. Os argentinos jogam pelo empate e levam vantagem, e o Rubro-negro precisa vencer por dois gols para ser campeão diretamente.

O jogo da volta será na próxima quarta-feira (13), às 21:45h no Maracanã. O Flamengo precisa vencer por mais de dois gols de diferença para ser campeão, já que na final não vale gol fora de casa. Se o rubro-negro vencer por um gol de diferença terá prorrogação.

— Não tem como reclamar. O jogo foi difícil. Perdemos com o placar mínimo, agora eles vão sofrer lá e temos condições de reverter — justificou o zagueiro Juan, no fim do jogo.