Atualizado às 21h19min.


VOLTA REDONDA

No início da noite de domingo (17), dois menores encontraram um corpo boiando no Rio Paraíba do Sul, na altura do bairro Siderlândia em Volta Redonda.

Os jovens disseram que estavam cortando bambus, para abrir para pescar, na beira do rio Paraíba, na altura do número 6533 da Avenida Adalberto de Barros Nunes no bairro Siderlândia em Volta Redonda quando avistaram um corpo descendo o rio. Eles pediram o auxílio de um vizinho que ajudou a puxar o corpo para a margem e acionaram a polícia.

A guarnição composta pelo Sargento Emerson e os Cabos Gustavo e Alexsandro chegou ao local, fez o isolamento e auxiliou os bombeiros na retirada do corpo do rio.

(SUL FLUMINENSE ONLINE)

Já na margem foi averiguado que se tratava de uma mulher, de cabelos loiros, aparentando entre 40 e 50 anos, com uma tatuagem de flores na barriga e uma fênix nas costas.

(SUL FLUMINENSE ONLINE)

Existe a suspeita que o corpo seja de Terezinha Brasilino, moradora de Barra Mansa. A família de Terezinha registrou a ocorrência do desaparecimento dela na última sexta feira (15). A mulher teria saído de casa e não voltou.

(DIVULGAÇÃO)

A família da mulher foi informada sobre o corpo encontrado e até o fechamento dessa matéria não tinha chegado para o reconhecimento.

Nossa equipe ficou no local até às 20h30m, nesse horário o corpo continuava sendo protegido pela equipe da polícia militar, que aguardava a chegada do rabecão para a retirada.